Seja Bem vindo!
WEINERT - 05/01/2024
NORTHON MOTTA-02/07/20
Giana - 08/06/24
trilegal-21/09/22
28/02/2024
A RADIOCIDADE
Tecnologia

Veranico de junho deve durar até sexta-feira; chuva retorna ao RS no final de semana

Veranico de junho deve durar até sexta-feira; chuva retorna ao RS no final de semana
10/06/2024 às 09:06

A onda de calor que atinge o Rio Grande do Sul continuará fazendo com que os termômetros registrem altos valores na próxima semana. A previsão é de que o veranico fora de época dure até sexta-feira (14), quando uma frente fria avançará sobre o Estado, causando chuva e diminuição na temperatura. O tempo ficará firme na maior parte da semana.

Na segunda-feira (10), uma frente fria chega ao Estado amenizando a temperatura. Em Itacurubi, no Centro, a variação térmica será de 19ºC a 30ºC. Já em Santa Vitória do Palmar, no Sul, a mínima prevista é 10ºC e a máxima, 19ºC. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o sistema também deve causar chuva fraca na Região Sul, Campanha, Centro e em parte da Região Metropolitana. A noite deve ser de muitas nuvens com chance de pancadas isoladas.

A condição melhora na terça-feira (11), embora ainda haja chance de chuviscos nas regiões afetadas pela frente fria do dia anterior. O dia será de temperatura amena na Metade Sul e de calor intenso na Metade Norte. Em Santo Antônio das Missões, na Região das Missões, a máxima será 33ºC e a mínima, 18ºC. Já em  Porto Alegre, a temperatura pode variar entre 15ºC e 23ºC. 

— O vento de norte está trazendo esse calor vindo de uma massa de ar quente no centro do Brasil. Na quarta-feira (12), a temperatura deve voltar a ficar ao redor dos 30ºC em quase todo o Estado. A Região Metropolitana e o Litoral devem registrar um vento mais de leste, então a temperatura vai subir menos — pontua o meteorologista Murilo Lopes, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Enquanto a máxima em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, poderá chegar aos 32ºC, na Capital não deverá passar dos 27ºC.

Quinta (13) e sexta-feira deverão ser os dias mais quentes da semana. Segundo Lopes, a temperatura pode passar dos 30ºC em várias regiões do Estado. Em Maquiné, no Litoral, a máxima prevista para quinta-feira é de 34ºC. Já em São Borja, na Fronteira Oeste, os termômetros podem marcar 32ºC. Em  Porto Alegre, a temperatura deve chegar aos 29ºC.

— Esse veranico não é tão incomum. Historicamente costumamos ter temperatura ao redor dos 30ºC durante os meses de outono e inverno, embora seja mais comum acontecer em maio. Estamos indo para a segunda semana com uma temperatura muito acima da média histórica de junho, então já podemos classificar como uma onda de calor — avalia o meteorologista.

A onda de calor é um fenômeno que se caracteriza por temperatura cinco graus acima da média prevista para o período, que perdura entre três e cinco dias. Em  Porto Alegre, a média histórica de temperatura máxima para junho é de 20,3ºC. Já em Uruguaiana, por exemplo, a temperatura máxima esperada para o mês é de 19,2ºC.

Retorno da chuva

Na sexta-feira, uma nova frente fria deve se formar na Argentina e avançar em direção ao Rio Grande do Sul. O sistema poderá causar instabilidade para todas as regiões gaúchas. A chuva deve começar na Metade Sul já na sexta e, ao longo do final de semana, a condição atinge também a Metade Norte. Segundo o Inmet, sábado (15) deverá ser o dia mais chuvoso.

— A perspectiva é que essa frente fria tenha dificuldade de avançar de novo. É bom ficar atento para a possibilidade desse sistema ficar em cima do Rio Grande do Sul por alguns dias, como aconteceu em maio. Ainda está longe para saber com certeza como vai ser, mas é uma possibilidade — pontua Lopes.

De acordo com ocomunicado emitido pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, os modelos de previsão da Sala de Situação indicam que as regiões das Missões, Centro e Noroeste podem registrar entre 50 milímetros e 120 milímetros de chuva entre os dias 14 e 17 de junho. Já na Região Metropolitana, na Região dos Vales e na Serra, os volumes podem variar entre 45mm e 75mm.

— Como tem essa tendência de o sistema ter dificuldade para avançar, volumes altos de chuva podem ser registrados. Chover entre 50mm e 120mm em três dias é bastante. Se pensarmos que, em junho, a média de chuva esperada para o Rio Grande do Sul é em torno de 130mm ou 140mm, estamos falando de 60% a 90% do esperado para o mês em poucos dias — defende o meteorologista da UFSM.

Por causa da frente fria, a temperatura deve voltar a ficar amena no final de semana. Lopes ressalta, porém, que ainda não fará frio.

 

 

g1rs/zh

A RADIOCIDADE
NORTHON MOTTA-02/07/20
WEINERT - 05/01/2024
28/02/2024
DENGUE - 03/06/24
TRILEGAL - 17/06/24