Seja Bem vindo!
Evento

Crianças poderão ser vacinadas contra Influenza até 5 de junho

16 de maio de 2020
Curta e Compatilhe

Pessoas com deficiência, gestantes e puérperas, além de todos dos grupos anteriores da vacinação também podem ser imunizados

A última etapa da Campanha de Vacinação contra a Influenza (H1N1) iniciou nesta semana em Santo Ângelo, em todas as unidades de saúde e na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e todas as pessoas do grupo prioritário – pessoas com deficiência, crianças com mais de seis meses e menores de seis anos, gestantes e puérperas (mães com até 45 dias após o parto) – poderão realizar a vacina até o final da campanha, no dia 5 de junho.

Na Secretaria de Saúde, a vacinação ocorre de segundas às sextas-feiras, das 7h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min. Nas unidades de Saúde, a vacinação ocorre de segundas às sextas-feiras, das 7h30min às 12h e das 13h30min às 16h.

O secretário de Saúde, Luis Carlos Cavalheiro, orienta a comunidade que procurem também os postos de saúde para realizar a vacina das crianças. “Solicitamos aos pais, se for possível, que vacinem as crianças nas unidades de saúde de seus bairros e não somente na sede da Secretaria. Se os filhos têm mais de três anos o ideal é vacinar nos postos de saúde próximos de suas residências. Na Secretaria de Saúde também estão sendo realizadas as vacinas nas crianças de seis meses a menores de seis anos, porém quem puder vacinar nas unidades de saúde é ideal que o façam, evitando a fila de espera aglomeração de pessoas em época de pandemia do novo Coronavírus”, ressalta.

Na próxima segunda-feira (18), também até o dia 5 de junho, serão imunizados professores das escolas públicas e privadas, e adultos entre 55 e 59 anos. As pessoas dos dois primeiros grupos prioritários que ainda não realizaram a vacina, poderão se dirigir a qualquer unidade de saúde do município até o final da campanha de vacinação.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica e Imunizações da SMS, enfermeira Juliane da Rosa, relata que nesta nova etapa de vacinação, serão imunizadas 5.264 crianças, 773 gestantes e 127 puérperas no município. “Os idosos, profissionais de saúde, doentes crônicos, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, população indígena, motoristas de transporte coletivo e portuários que ainda não foram imunizados, também poderão fazer a vacina até 5 de junho”, lembrou.

Texto/foto: Rodrigo Bergsleithner

Deixe uma resposta