Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017
15.004.501 Visitas
Rádio Web - 24 horas Vídeos Curta nossa Fan Page no Facebook Entre em contato


Geral

Jovens com síndrome de Down conhecem o Núcleo de Acessibilidade da URI Santo Ângelo

11/10/2017

Jovens com síndrome de Down conhecem o Núcleo de Acessibilidade da URI Santo Ângelo

A URI Santo Ângelo recebeu esta semana, a visita de dois jovens especiais: Vinicius Streda e Tathiana Piancastelli, ambos com síndrome de Down e com um valioso currículo como ativistas que buscam orientar, desmistificar e reduzir preconceitos em relação à síndrome.

Vinícius nasceu em Santo Cristo, é autor, em parceria com a psicopedagoga Carina Streda, do livro “Nunca deixe de sonhar- Os sonhos e a vida de um jovem com síndrome de Down (2010), que comercializou quase 3 mil exemplares, está na terceira edição e gerou inúmeras palestras de ambos sobre o tema.

Tathiana Piancastelli nasceu em São Paulo, mas reside nos Estados Unidos. E foi lá que venceu na categoria “Melhor Peça”, o prêmio Brazilian International Press Awards USA 2016, com a peça “Menina dos Meus Olhos”, escrita e protagonizada por ela. Neste mês de outubro, Tathi é hóspede na casa de Vinícius. No final do mês, eles participam do 8º Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down, em Maceió, Alagoas. Depois, Vinícius hospeda-se na casa de Tathi em Miami, onde continuam filmando seu quotidiano, a fim de concretizar um próximo projeto.

Vinícius e Tathi já protagonizaram uma websérie – Geração 21, de autoria do são-luizense Alex Duarte e que conta a história de 12 pessoas com síndrome de Down que estão no caminho da autonomia (https://www.facebook.com/Cromossomo21/).

O exemplo de Tathi inspirou o cartunista Maurício de Sousa a criar uma personagem com seu nome e com Síndrome de Down. Ela interage com a Turma da Mônica e explica que as crianças nesta condição devem ser integradas à sociedade com naturalidade

Ao saber que a URI Santo Ângelo mantém um serviço de acolhimento a pessoas com deficiência, Tathi teve interesse em conhecer o setor e saber como funciona. Acompanhada do amigo Vinícius, ela foi recebida pela coordenadora do Núcleo de Acessibilidade, a psicopedagoga Carina Streda, a psicóloga Kamila Perin e a professora do Atendimento Educacional Especializado, Débora Escobar.

Confira Galeria


Comentários
Leia Também
Radio Cidade Santo Ângelo - RS - Brasil