Terca-Feira, 25 de Abril de 2017
17.130.361 Visitas
Rádio Web - 24 horas Vídeos Curta nossa Fan Page no Facebook Entre em contato


Geral

COMUDE deve ter representatividade ampliada, em Santo Ângelo

10/01/2017

COMUDE deve ter representatividade ampliada, em Santo Ângelo

O Conselho Municipal de Desenvolvimento de Santo Ângelo, o COMUDE, deve abrir espaço para uma maior participação de entidades, instituições e outras representações da sociedade, seguindo o modelo de gestão defendido pelo prefeito Jacques Barbosa de um governo democrático, participativo e com diálogo voltado ao crescimento sócio-econômico do município.

A sugestão foi lançada na segunda-feira, 9, pelo próprio prefeito, durante apresentação dos conselheiros ao Executivo, através de seu presidente, Diomar Formenton. Jacques disse que o COMUDE será valorizado pela atual gestão. “É importante que as ideias sejam da sociedade e não do governo. Os governos passam, a sociedade permanece. Precisamos ampliar a representatividade do conselho, compilar sugestões da sociedade, ter bons projetos em tempos de recursos escassos, para alavancar o desenvolvimento de Santo Ângelo”, disse o prefeito, manifestando o interesse em participar das reuniões periódicas do COMUDE.

Jacques reafirmou que está preparando uma equipe de técnicos para a elaboração de projetos visando à busca de recursos em outras esferas de governo, com um plano de ação consistente e focado no avanço de Santo Ângelo como “cidade inteligente”, moderna e com uma agenda prioritária voltada ao desenvolvimento.

PLANEJAMENTO

Durante a visita do COMUDE ao Executivo, os pesquisadores da Universidade Regional Integrada (URI) Daniel da Silveira, Luís Cláudio Ortiz e Rômulo de Mello, apresentaram ao prefeito uma prévia do Planejamento Estratégico de Desenvolvimento Regional, elaborado a partir do COREDE/Missões, que deverá ser concluído em março. A prévia apresenta as problemáticas regionais e as estratégias para superá-las até 2030, com o desenvolvimento de projetos para o fortalecimento do turismo nas Missões; sustentabilidade socioambiental; planejamento, articulação e governança regional; comunicação, energia e logística; e competitividade, tecnologia e renda.

De acordo com os pesquisadores, ainda serão realizadas uma série de reuniões até a conclusão do planejamento. “Este documento vai auxiliar na construção de projetos para a solução dos problemas regionais”, concluiu Luís Cláudio Ortiz.

Confira Galeria


Comentários
Leia Também


Santo Ângelo

Max: 32º
Min: 19º

Poss. de Pancadas de Chuva


Radio Cidade Santo Ângelo - RS - Brasil